O balé das mãos

Reparem na habilidade das mãos das crianças manipulando elementos da natureza! Quando as escolas vão valorizar nossas mãos? Será que vão continuar nos ensinando a não-ter-mãos?

Anúncios

Virada Sustentável

Estive no Parque da Juventude, antigo presídio do Carandiru, para realizar oficinas do Jardim das Brincadeiras. Um parque repleto de gente sedenta de área verde e espaços de lazer. Apareceram crianças de todas as idades com os pais, avós, tios, sozinhas, amigos. Crianças de todas as zonas de São Paulo e de todas classes sociais. Algumas pegavam o material e já saiam inventando os objetos mais incríveis. Outras apenas queriam fazer um peteca de milho e jogar um pouco. Maquetes, brinquedos, bonecos, instalações…

 Um dos destaques foi criar pistas divertidas com gravetos, enchê-las de obstáculos (lixo) e brincar com carrinhos feitos de vagem de pau-ferro. 

 O Kablan também ganhou uma mesa de oficina. 

 Interagindo com esses jogos vejo que a revolução dos brinquedos passa por aí: materiais naturais e regras abertas, co-criação de possibilidades.

 

virada 1 virada 4 virada 5 virada 8 virada 9 virada 10 virada 11